0

Ahhh ... O amanhã...



 O amanhã..

Eu não me preocupo com o amanhã, o que talvez seja um defeito mas isso me permite viver o hoje, sem morrer na véspera. 
Eu vivo o agora. 
Eu vivo cada instante como se fosse o último e, portanto, decido meus destinos quando ainda posso comprar a última passagem.
Por viver de forma intensa, digo o que penso, quando penso, porque se for o meu último momento, se forem minhas últimas palavras, pelo menos terei dito aquilo que gostaria.
Me acho um tanto quanto sincera. 
Sincera até demais. Se você não quer ouvir a minha opinião, não pergunte. Opinião é coisa própria, bem particular, e eu decido as minhas particularidades.
Você não precisa concordar com nada do que eu vá dizer, mas eu direi.
Já me fingi de surda, para não ouvir o que pudesse me ofender.
Já ofendi as pessoas. Já pedi desculpas, já desculpei muitas vezes, afinal, dizem os chineses: “se você tem que engolir um sapo, não adianta ficar olhando para ele”.
Já chutei latinhas, olhei pra lua.
Acordei no meio da noite, pensei em tudo, pensei em nada.
Dou risada sozinha. Sorrio das alegrias passadas e das alegrias presentes.
Tenho saudades , me entristeço na saudade, às vezes choro, mas sou feliz.
Já fiz cada loucura nessa vida...
Às vezes a vida não sorri.
Há dias que realmente são difíceis mas, olho para o lado e penso: “E daí?!”, afinal de contas, se fosse para ser bela, e fácil, a vida não se chamaria vida, talvez se chamasse paraíso.
Em geral confio nas pessoas, não o suficiente para confiar a elas a minha vida.
Confio mais em mim do que em você, esteja certo disso.
Acredito em mim, mesmo que você diga que eu não sou capaz.
Sofri por amor, um dia.
Mas aprendi que Amor não é para fazer sofrer. Amor é para alegrar, fazer sorrir, cantar, e não chorar.
Aprendi a “olhar tudo com olhos de paz”.
Assim, oro para os meus inimigos, isto é, se é que existem.
E aos que me desejam o mal, sempre desejo que eles tenham felicidade, saúde e vida longa, porque aprendi que o importante no mundo sou eu, o resto é acessório... hauhauhaua
Por fim, aprendi que só posso fazer o bem, se eu estiver bem.

Aprendi a amar a mim mesmo, antes de amar alguém. 
Este é o meu segredo para ser o que sou, viver como vivo: FELIZZZZZZZZZZZZ



Beijinhos 




e daí se eu penso assim...

0 comentários:

Postar um comentário

linkwithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...